quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Bridegroom: A love story. Unequaled - Presente de Aniversário para o Irmão Rodrigo




Bridegroom é um documentário intensamente pessoal sobre o debate em curso sobre os direitos legais de casais do mesmo sexo. Entrevistas, fotos e vídeos das testemunham e de todas as ligações incomum que reunirão Shane Bitney Crone e o seu esposo Tom. Durante seis anos, eles permaneceram unidos, apesar dos desafios extremos, tanto da família e da sociedade, até que um trágico acidente acabou com os seus sonhos. Agora é preciso lutar para que Shane seja reconhecido como interlocutor legítimo de sua alma gêmea .

Os planos de Shane Bitney Crone de se casar com Tom Bridegroom,na Califórnia depois que foi aprovada a lei do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo,mas a história toma um rumo trágico quando Tom morre,depois de seis anos de relacionamento,a família de Tom não deixa Shane assistir ao funeral."Bridegroom" conta a viagem emocional de Shane e Tom, dois homens jovens que vivem um relacionamento amoroso e que foi cortado tragicamente depois da morte acidental de Tom. O filme conta sobre como pessoas que vivem um relacionamento estável e que não estão protegidas legalmente pelos direitos civis,podem ser totalmente excluídas e condenadas ao ostracismo,é comovente,enfurecedor e abre uma janela pro tema do casamento civil igualitário,como nenhum outro discurso ou conferência jamais fez.No dia 7 de Maio de 2012,o aniversário da morte de Tom,Shane decidiu fazer um vídeo em homenagem a ele intitulado " Pode acontecer com você ". Este vídeo publicado no YouTube, recebeu mais de 3,2 milhões de acessos e inspirou mais de 50.000 emails e comentários no YouTube e no facebook.

 "Bridegroom: A love story. Unequaled" é um documentário dirigido por LindaBloodworth- Thomason, que mudará completamente a sua visão sobre o amor. "Não é uma coisa homossexual. Não é uma coisa heterossexual. É uma coisa uma humana". 

Para Baixar Clica no Mais Informações embaixo da foto







a história de Tom e Shane, dois jovens que se amavam mas que por causa do preconceito da família de um deles, foram separados. Em depressão, Tom se matou em um dia comum, desabando o mundo de Shane.  A história virou o lindo e premiado documentário Bridegroom de Linda Bloodworth-Thomason, que acabou de estrear nos EUA. Com mais de 300 mil dólares arrecadados no site Kickstarter, recorde, o filme foi executado e foi ao ar na rede de Oprah Winfrey, que comprou os direitos sobre o lançamento do vídeo. Se você quer chorar, veja os vídeos abaixo, postados em 2012, quando Shane foi negado de entrar no funeral de seu amado e toda a história começou a ser contada.

Shane Bitney Crone, 26, nasceu em Montana. Ele e Tom (à dir.), 29, viveram juntos por 6 anos em Los Angeles, onde se conheceram. Eles namoraram, abriram um negócio, compraram uma casa e viajaram o mundo. Adotaram um cão e tiveram uma vida de casados. A família de Shane sempre amou Tom Bridegroom, mas os pais de Tom jamais aceitaram o fato de ele ser gay. Seu pai chegou a apontar uma arma a sua cabeça quando ele saiu do armário e a culpar Shane dizendo que ele havia transformado Tom em gay. A família chegou a dizer que ele deveria ter contado mais cedo, para que eles o levassem ao médico e repetiam que ser gay é pecado. Jovens, lindos e bem sucedidos, o preconceito conseguiu acabar com esse conto de fadas.

Tom Bridegroom, que chegou a ser apresentador do programa da MTV The X Effect em 2006 e 2007, pediu Shane em casamento no ano passado, pouco antes de entrar em depressão. Tom não conseguia conviver com o fato da sua família não o amar mais e, em 5 de maio de 2011, ele caiu de um prédio e faleceu. Sua morte não foi bem explicada até hoje mas há indícios de que ele se matou. Mas a tragédia de Tom ainda não havia terminado. A família de Tom quis levar o corpo do filho para onde moram, em Indiana, e pediu para Shane pagar o translado e todo o funeral. A mãe ainda levou objetos do filho com quem nem falava – Shane deixou, afinal, estava em choque e era a mãe de seu companheiro. Ela levou o filho embora no Dia das Mães.

Shane não pode ir ao enterro de seu amado, pois a família o ameaçou se ele aparece por lá. Ele lembra que não conseguiu informações de Tom no hospital por não ser parente, nem depois para liberar o corpo e que não teve nenhum direito patrimonial. A família de Tom também ignorou Shane, durante o enterro de seu companheiro, ele não foi nem citado. No vídeo de mais de 10 minutos, Shane conta um ano após a morte de seu amor sua história, com imagens dos dois juntos, em muitos momentos felizes. “Isso poderia ter acontecido com você”, diz o título do vídeo que é emocionante e é a nova arma contra aqueles que acreditam que o casamento gay não deve ser legalizado.

Shane foi até onde Tom estava enterrado e o visitou e conheceu o lugar onde ele nasceu, como Tom sempre quis mas não contou nada a família do noivo morto, com medo de ser agredido. Ele acredita que o que aconteceu com ele é um sinal de que ele deve lutar para que a história não se repita, por isso resolveu no dia exato do aniversário da tragédia expor tudo o que passou e incentivar os outros a fazerem o mesmo.
Além de ser um presente de toda equipe Gay Dream, esse emocionante e inspirador documentário foi escolhido

com todo carinho pelo irmão saullo seguidor do blog, para seu namorado Rodrigo aniversariante do dia de hoje .


13 comentários:

  1. I LOVE YOU SO MUCH SHANE AND TOM.

    Eu vi filme espahnol, é lindo. Ele deixa um grande ensinamento. Eu vi isso na quarta-feira e domingo.

    Feliz Aniversário! Rodrigo Parabéns pra você nesta data querido, muita felicidade muitos anos de vida!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS RODRIGO, JÁ BAIXANDO SEU PRESENTE DIZEM QUE ESSA HISTÓRIA É COMOVENTE.... JÁ PREPARANDO MEUS LENCINHOS . E SAULLO AMADO QUE VC E O RODRIGO SEJAM MUITO FELIZES !!!!

    ResponderExcluir
  3. Muitos parabéns Rodrigo!
    Que sejas sempre muito feliz e consigas sempre alcançar tudo aquilo que desejas.
    Bjinho

    ResponderExcluir
  4. Gracias! Bom documentário. Usarei em minhas aulas de gênero.Vocês são os melhores.

    ResponderExcluir
  5. Esse documentário é belíssimo, impossível alguém não se emocionar com ele . E mesmo com o final trágico, lembrando que foi um
    acidente, todos devem assistir pelo simples fato de
    "Não é uma coisa homossexual. Não é uma coisa heterossexual. É uma coisa uma humana".
    Parabéns irmão Rodrigo que nosso senhor Jesus faça maravilhas na sua vida e a do irmão saullo .

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Xan pelo presente,pelo carinho de todos vocês, eu e o Rodrigo jamais esqueceremos esse gesto e esse documentário é uma linda história de amor que guardarei com muito carinho para sempre. Obrigado gay dream .

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Rodrigo!! Que Deus abençoe e proteja todos os dias de sua vida.
    Já tinha ouvido falar desse documentário..baixando agora e sei que vou chorar muito.
    Bjs a toda familia Gay Dream.

    ResponderExcluir
  8. RODRIGO:

    '''''FELIZ ANIVERSÁRIO ATRASADO!!!!!!!!

    QUE VOCÊ E SAULLO TENHAM UM RELACIONAMENTO DE, NO MÍNIMO, CEM ANOS!!!!!!!!!!!

    UM ABRAÇÃO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu vi a metade deste documentário em espanhol. E não aguentei Vê-lo inteiro de tão triste que eu fiquei. Pode ser que agora eu consiga chegar ao fim.

    Mas vale a pena. O documentário é ótimo e deve ser visto com toada a atenção.

    Eu tive um relacionamento de oito anos, João, que me foi tirado de um dia para o outro por erro médico. Ele ficou internado só seis horas num hospital com crise hepática. As grandes diferenças é que a família do João não sabia do nosso relacionamento (ou sabia...) e sou amigo da família até hoje, depois de 21 anos da morte dele.

    Por esta saudade, eu ainda não consegui ver este filme inteiro....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. irmão Rogerio meu querido foi o que eu disse é triste,mas vivemos num mundo onde ainda existe esse tipo de preconceito e as pessoas esquecem que o amor é lindo
      e esses dois jovens se amavam muito e infelizmente nem com a perda a família do Tom respeitou o sentimento dele pelo Shane , chorei muito assistindo esse documentário ,não sei se eu seria tão forte quanto ele mas também não ficaria calado . Meu querido sinto pelo João e ainda bem que você tem a família dele e tenho certeza que eles sabem sim, isso é algo que não dá para esconder, pois demonstra nos olhos . Força sempre irmão Rogerio . Abração meu querido e fica na paz do senhor jesus.

      Excluir
    2. Xan: obrigado pelo seu comentário. Eu fui feliz e sabia. Pena que durou tão pouco (e olha que foram oito anos!). O João era lindo por dentro e por fora também! Guardo um carinho enorme por ele, por ele ter-me feito tão feliz por tanto tempo. Uma vez ouvi uma frase que eu me lembro sempre: "queria poder te dar metade da minha vida que passamos separados pois teríamos ficados juntos por mais 11 anos....". É isso que eu gostaria de fazer todos os dias, depois que ele se foi. Mas tudo tem um motivo para acontecer do jeito que acontece. Não fico mais triste. Só com saudades.

      Abração!!!!!!!

      Excluir
  10. Linda história de amor. Emocionante é pouco... Chorei pra caramba!
    Estou atrasada, mas parabéns Rodrigo. Desejo só + uns 90 anos de felicidades, rs... Vlw a escollha Saullo, ainda ñ tinha assistido.
    Obrigada pelo up Xan
    Bjos


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmã Rose eu que tenho que agradecer o carinho de todos .Abração minha querida

      Excluir

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!