sábado, 27 de setembro de 2014

Não É o Homossexual Que É Perverso, mas a Situação em Que Ele Vive

Enviado pela Querida Irmã Zira


Um drama sobre relacionamentos homossexuais, este filme é tão militante quanto o título sugere e trouxe grande notoriedade para Rosa von Praunheim no novo cinema alemão que surgia com força total no cenário mundial em 1971. Ele critica severamente os 'gays' pelos valores burgueses que eles seguem (consumismo, elitismo e romantismo, entre outros) e pela falta de um envolvimento político radical.
O filme é, inicialmente, a história de Daniel e seu amante Clemens. O relacionamento não dura muito; Daniel abandona Clemens e passa por várias experiências homossexuais em Berlim, relatadas através de quadros vivos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!