segunda-feira, 1 de setembro de 2014

The Carrie Diaries (completa) - Presente para Amada Amiga Lala

     
 
The Carrie Diaries, série prelúdio de Sex and the City. Adaptada da obra de Candice Bushnell, a série estreou nos EUA no dia 14 de janeiro conquistando a média de 1.6 milhões de telespectadores, com 0.6% entre o público alvo. No Brasil, ela chegou pelo canal Boomerang,  A produção demorou para acontecer. Há anos que o projeto vinha circulando entre canais de TV americanos sem ter conseguido despertar o interesse de um deles. Em agosto de 2011 o CW resolveu apostar no projeto. A série ganhou a encomenda de treze episódios para sua primeira temporada.
Com roteiro de Amy Harris (Gossip Girl), a história é situada na década de 1980. Carrie (AnnaSophia Robb), ainda uma adolescente, vive os dramas de sua geração. Descobrindo o amor, o sexo e os relacionamentos, ela se envolve com o mundo da moda quando conhece Larissa  (Freema Agyeman de Doctor Who e Law & Order: UK), personagem que não aparece no livro de Busnell. Criada pelos produtores, a personagem é a editora de moda de uma revista, que representa para Carrie sua fada madrinha. É ela quem apresenta para a jovem de 16 anos os prazeres e os segredos de Nova Iorque.


1ª Temporada: Minhateca

1ª Temporada - Google Drive

1ª Temporada - Mega

2ª Temporada: Minhateca

2ª Temporada (ep.1a8) - Google Drive

2ª Temporada (ep.9a13) - Google Drive

2ª Temporada - Mega

A história começa em 1984. Carrie vive em Connecticut na companhia do pai Tom (Matt Letscher), um viúvo que tenta compensar a ausência da esposa, e da irmã rebelde Dorritt (Stefania Owen de Running Wilde). Na série original, o pai de Carrie abandonou a esposa e a filha quando ela ainda tinha cinco anos.
As melhores amigas de Carrie nesta época são a nerd Mouse (Ellen Wong, de The Killing), a sarcástica Maggie (Katie Findlay, de Combat Hospital) e Walt (Brendan Dooling), um jovem que ainda não definiu sua sexualidade.
Walt teve sua primeira experiência com meninos por meio do Bennet (Jake Robinson, Höy!), que também trabalha na Interview e é outro personagem adorável da série, mas essa experiência foi algo que Walt não conseguiu lidar muito bem a princípio. E foi bem bacana a série ter conseguido ilustrar esse conflito do personagem vivendo nos anos 80, onde tudo era bem diferente de hoje em dia e esse detalhe não poderia ser ignorado.  Bacana e honesto ao mesmo tempo, sem forçar a barra e sem deixar o caminho fácil demais para isso. Aquela cena em que ele esbarra com um casal gay sendo agredido na rua e acaba sentindo na pele aquela agressão a ponto de defender o casal, foi ótima e ilustra muito bem esse conflito, que diga-se de passagem, existe até hoje, 30 anos depois. E foi bem bacana mesmo a forma como essa sua história foi carregada, com ele tentando fugir da sua realidade e aceitando ter a primeira vez com a namorada, assim como ele se desculpando mais tarde com o Bennet por sua reação depois do beijo entre os dois e mais tarde se abrindo com a Carrie, ainda não totalmente, mas que todos nós sabemos que não poderia ser pessoa melhor para ajudá-lo nessa descoberta. Por isso, por Walt torcemos da mesma forma que torcemos por Carrie. Outro detalhe importante na sua história, foi a força que ele acabou recebendo até mesmo da personagem megabitch do colégio e “rival” das meninas, Donna LaDonna (Chloe Bridges, e #TEMCOMONAOAMAR o nome Donna LaDonna?), que se sensibilizou com o drama do Walt por ter um irmão gay do qual ela disse ser melhor amiga.

 
  Bennet e Walt é que eles não são cheios de pieguice ou estereotipados. Eles já enfrentaram bastante coisa na série“The Carrie Diaries” pena que não foi renovada para uma terceira temporada, e ficamos sem esse casal lindo!
 
 
 The Carrie Diaries     
Seriado de televisão The Carrie Diaries
foi uma série de televisão americana transmitida pela The CW. A série estreou em 14 de janeiro de 2013. Wikipédia     Primeiro episódio: 14 de janeiro de 2013     Episódio final: 31 de janeiro de 2014     Emissora original: The CW Television Network     Criadora: Candace Bushnell     Gêneros: Comédia cinematográfica, Drama


Lala Amada! Amizade não é algo que está escrito em um papel, pois o papel pode ser rasgado. Também não é algo que pode ser escrito em uma pedra, pois mesmo uma pedra pode quebrar. Mas está escrito no coração de uma pessoa, e ela fica lá para sempre. Desejo um feliz aniversário e muitas bênçãos em sua vida, minha amiga!


2 comentários:

  1. Vanda adorei kkkkkkkk será que o exemplar do cartão é um homem-lobo kkkkkkkkk, que olhos! Sensacional. Obrigada mais uma vez por fazer o meu dia especial. Beijos para vocês e toda a galera deste lindo blog.

    ResponderExcluir
  2. Lala, muitos parabéns!
    Espero que sempre consigas realizar os teus sonhos e sejas sempre muito feliz.
    Bjinho

    ResponderExcluir

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!