sexta-feira, 4 de março de 2016

My So-Called Life (1994/1995)

       

PRIMEIRA E ÚNICA TEMPORADA

My So-Called Life (Minha Vida de Cão, no Brasil, e Que Vida Esta!, em Portugal), é uma série televisiva norte-americana criada por Winnie Holzman e exibida originalmente nos Estados Unidos de 25 de agosto de 1994 a 26 de janeiro de 1995. Foi cancelado em 15 de maio de 1995, devido à sua baixa audiência, após 19 episódios. No entanto, desde então, a série tem ganho um status cult. Conhecida por usar metáforas para desenvolver a história, esta inovadora série é muitas vezes considerada ter sido "demasiado inteligente para TV". O seriado foi louvado por seu retrato fiel à adolescência e pelos comentários astutos de sua personagem principal, Angela (interpretada por Claire Danes).

My So-Called Life lidava com temas sociais importantes do início dos anos 90, como abuso infantil, homofobia, alcoolismo na adolescência, não ter um lar, adultério, bullying, censura e uso de drogas. Muitos seriados da época abordavam esses problemas num episódio especial, no qual ele era introduzido no começo e concluído no fim, mas em My So-Called Life tais temas faziam parte do enredo e estrutura narrativa da série. O título é, por si só, uma alusão à insignificância sentida por muitos adolescentes.

   

Angela Chase, interpretada por Claire Danes, é uma estudante do segundo ano, tem 15 anos de idade, estuda em Liberty High School, em Três Rios, na Pensilvânia, um subúrbio fictício de Pittsburgh. Como a maioria dos adolescentes em vias de auto-avaliação, Angela está tentando descobrir e afirmar a sua identidade. Para fazer isso, ela se distancia de seu passado e se afasta de seus pais e seus amigos de infância, Sharon Cherski e Brian Krakow. Em seu lugar, ela faz amizade com Rayanne Graff e Rickie Vasquez. Angela tem um fraquinho por Jordan Catalano e o admira de longe, no entanto, eles depois começam a namorar. Com essas novas relações, Angela encontra-se em situações precárias e, às vezes, perigosas. Apesar tentação, ela permanece equilibrada e responsável. Angela narra 17 dos 19 episódios em voice-over.



Enrique "Rickie" Vasquez, interpretado por Wilson Cruz, é o outro melhor amigo de Rayanne Graff. Ele é um garoto de 15 anos de idade, bissexual, sendo criado por seu tio, que abusa dele fisicamente. Rickie usa delineador e roupas brilhantes e se sente mais em casa no banheiro das meninas, com Rayanne e Angela. Quando seu tio o chuta para fora da casa, ele é acolhido, brevemente, por Chase, mais tarde é acolhido pelo professor de Inglês, Richard Katimski (interpretado por Jeff Perry), que é gay e se torna um mentor para ele.

   

Patricia "Patty" Chase, interpretada por Bess Armstrong, é a mãe de Angela. Ao contrário de muitas mães de TV, ela é o principal sustento da família e, no início da série, emprega o marido. Ela é teimosa e muitas vezes não pode deixar de expressar as suas crenças, fortemente arraigadas, que, em um ponto, leva a um confronto com a mãe, de espírito livre, de Rayanne.

   

Jordan Catalano é interpretado por Jared Leto. Ele é bonito, mas rebelde, sua imagem de bad boy mascarando o real motivo de suas más notas escolares (ele tem uma dificuldade de aprendizagem não diagnosticada e é quase analfabeto). Ele é o interesse amoroso de Angela, e durante a série eles têm uma relação. Ele revela a sua profundidade emocional, na sua capacidade de composição e seus ocasionais - e, aparentemente, acidentais - pensamentos profundos.

    

Graham Chase, interpretado por Tom Irwin, é o pai de Angela. Ele é suave e continua a lutar com o seu papel na família e na direção de sua vida em geral.

    

Danielle Chase, interpretada por Lisa Wilhoit, é a irmã mais nova de Angela. Há uma ênfase sobre o quanto ela é ignorada por sua família. Ela tem um humor mordaz e sarcástico, servindo como uma espécie de alívio cómico durante toda a série. No episódio "Dia das Bruxas", ela se veste como Angela e engana seus pais com sua réplica, quase exata, do cabelo vermelho de Angela, roupas e comportamento. Danielle narra o penúltimo episódio, "Weekend", em voz-over.

    

Rayanne Graff, interpretada por A.J. Langer, é a nova melhor amiga de Angela, no início da série. Ela é selvagem, rebelde e filha de mãe solteira (Âmbar, interpretada por Patti D'Arbanville-Quinn). No episódio "As mães de outras pessoas", a profundidade dos problemas de Rayanne são revelados, quando ela sofre uma overdose de drogas e álcool em sua própria festa.

    

Sharon Cherski, interpretada por Devon Odessa, era a melhor amiga de Angela, durante toda a infância, até que Angela se tornou amiga de Rayanne. Sharon é convencional e academica, mas seus valores e ideais são desafiados, durante toda a série, e ela passa a ser mais aberta.

    

Brian Krakow, interpretado por Devon Gummersall, tem uma paixão não correspondida por Angela, e é amigo de longa data dela e de Sharon. Apesar de seu alto QI e conhecimento sobre os outros personagens, ele não tem inteligência emocional e é socialmente desajeitado e hipócrita. Isso tende a afastá-lo de seus colegas. Os outros personagens costumam recorrer a ele, somente quando eles precisam de ajuda em assuntos académicos ou tecnológicos, e ele, geralmente, parece disposto, se não for, realmente, o prazer de ajudá-los. Brian é um personagem em conflito, temendo e, muitas vezes, rejeitando a intimidade que ele deseja intensamente. Ele se torna amigo de Rickie, lá para o meio da série






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!