domingo, 11 de fevereiro de 2018

Boogie Nights (1997) - Feliz Aniversário Silvana Lima


Boogie Nights é um filme excepcional que mostra um retrato de duas décadas nos Estados unidos a de 70 e 80 e tem como pano de fundo o cinema pornô por meio do seu principal personagem que é interpretado, na sua melhor atuação no cinema, por Mark Walberg no papel do ator pornô Dirk Diggler.

“O filme tem como tema a vida dele no meio pôrno e mostra como o sucesso pode da mesma maneira ajudar como destruir uma pessoa. Com interpretações marcantes de Burt Reynolds como o descobridor de Dirk e o diretor dos filmes onde ele atua, Julianne Moore que está magistral neste filme com Amber, um tipo de mãe para Dirk e a pessoa que introduz ele no mundo das drogas, John C. Reilly como Reed seu parceiro nos filmes e melhor amigo que também, depois de um tempo, acaba se entregando ao mundo das drogas junto com Dirk e, por ultimo, mas com uma atuação expecional, o sempre talentoso Philip Seymour Hoffman como um homosexual apaixonado por Dirk.”


Premiações:
– Recebeu 3 indicações ao Oscar: Melhor Ator Coadjuvante (Burt Reynolds), Melhor Atriz Coadjuvante (Julianne Moore) e Melhor Roteiro Original.

– Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante (Burt Reynolds) e foi ainda indicado na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante (Julianne Moore).

Curiosidades:
– A primeira tomada do filme dura três minutos, começando na rua com Jack Horner e Amber Waves se dirigindo para a danceteria. A maior parte dos personagens é apresentada nesta tomada.

– O personagem Dirk Diggler foi baseado no famoso ator pornô John Holmes.

– Cerca de 40 segundos de filme foram cortados da versão final para que a censura do filme não fosse NC-17 (proibida a entrada de menores de 17 anos).

– A esposa de Little Bill é interpretada por Nina Hartley, que é atriz pornô na vida real.

Download pelo Minhateca


  

Ficha Técnica:
Título Original: Boogie Nights
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 155 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1997

    

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!