terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Festim Diabólico (Rope) 1948


Dois amigos (Farley Granger e John Dall) caçadores de aventura estrangulam seu colega de classe e organizam uma festa para a família e amigos da vítima, servindo refeições em uma mesa que, na verdade, é um baú que guarda o cadáver dele. Quando a conversa do jantar gira em torno do assassinato perfeito,
o ex-professor (James Stewart) fica cada vez mais desconfiado que seus alunos converteram suas teorias intelectuais em uma realidade brutal. 

Embora a sexualidade dos dois jovens assassinos não seja bem confirmada no filme, a relação entre os personagens de Granger e Dall tem um subtexto homoerótico forte, habilmente projetado por Hitchcock e seus atores através da encenação, direção de arte e nuance.
 Os próprios intérpretes eram gays na vida real. "Foi apenas uma coisa assumida," disse Farley Granger muitos anos depois, sobre a homossexualidade de seu personagem. "Ou você é ou não é”. Como um dos roteiristas do filme, Arthur Laurents (1918-2011), que era amante de Farley na época, explicou, "Não havia uma palavra de diálogo que diz que os dois foram amantes ou homossexuais, mas não havia uma cena entre eles onde não era claramente implícito”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos tem direito a uma opinião mas lembre-se...
O direito de um termina onde
começa o direito do outro!